Como fazer máscara de Coelho da Páscoa

A Páscoa está chegando e você já deve começar a preparar a sua fantasia de coelho da páscoa. Saiba que esse tipo de atividade recreativa pode te ajudar a ter sucesso com relação a proximidade com os seus filhos. A máscara de coelho da Páscoa é algo simples e fácil de fazer em casa, bastando somente você aplicar isso em um passo a passo aonde você escolhe os materiais certos.

Máscara de coelho da páscoa diferente

A máscara de coelho da Páscoa pode ser feita com a ajuda de um molde. Por meio da internet você encontra um molde muito simples de ver e fazer esse coelhinho.

O que eu preciso para fazer uma máscara de coelho da páscoa?

Confira alguns materiais necessários para se fazer um coelho da Páscoa:

–  Cartolina ou EVA

– Glitter

– Lanteujola

– Tesoura

– Cola a base de água

– Lápis de cor

– Tinta

– Canetinha

* Lembrando que não é obrigatório o uso de todos os materiais para a confecção do coelho.

Conheça algumas curiosidades sobre a Páscoa

São muitas as curiosidades que tem na Páscoa e você precisa entender algumas delas antes de aprender a fazer a sua máscara de Páscoa:

– Comemora a Páscoa antes do nascimento de Jesus Cristo

A celebração da Páscoa é emais antiga do que emuitos imaginam, pois ela começou bem antes do nascimento de Jesus Cristo. A palavra Páscoa vem da palavra “pessach”, que quer dizer “passagem” em hebraico. A Páscoa começou a ser comemorada antes mesmo do nascimento de Jesus. Na ocasião os hebreus já comemoravam a data como um meio de lembrar a travessia do Mar Vermelho e sua libertação da escravidão no Egito.

– Trocas de ovos de Páscoa significam nascimento

A tradição de trocar ovos simboliza o nascimento e começou nos primórdios das celebrações da data da Páscoa. No entanto, se atualmente trocamos ovos deliciosos de chocolate, antigamente se pintava e decorava ovos de galinha e os trocava na Páscoa. Somente no século XIX, na Alemanha, é que aconteceu essa mudança de ovos de galinha para ovos de chocolate.

– Ovo de Páscoa de chocolate não é aceito por todas as religiões

Uma corrente que é atuante dentro da Igreja Ortodoxa acredita que a prática de troca de ovo de chocolate na Páscoa é um verdadeiro retrocesso na espiritualidade. Para essas pessoas o ovo de Páscoa contribui muito para o distanciamento das reflexões religiosas e acaba transformando a data e algo pagã, ligada ao materialismo.

– Religiosidade e a festas pagãs

A maior festa pagã do calendário está diretamente relacionada com a religião. Isso porque os católicos celebram a Páscoa no primeiro domingo depois da primeira lua cheia do outono, no Hemisfério Sul. Dessa forma ficou estabelecido que outras datas relativas, como a Sexta-Feira Santa e o carnaval (que é uma festa considera pagã).